De grãos a aquacultura: conheça as vencedoras do 4º Prêmio Mulheres do Agro

03/11/2021

De grãos a aquacultura: conheça as vencedoras do 4º Prêmio Mulheres do Agro

Nove produtoras rurais que se destacam pela excelência em gestão inovadora e sustentável foram reconhecidas pela premiação nas categorias: pequena, média e grande propriedade

Ao longo do segundo dia do 6º Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio (CNMA) foram anunciadas as nove vencedoras do Prêmio Mulheres do Agro 2021. Idealizado pela Bayer, em parceria com a Associação Brasileira do Agronegócio (Abag), a premiação reconhece mulheres de diferentes regiões do país por suas gestões inovadoras e sustentáveis, que vão desde pecuária e aquacultura a grãos de soja, milho, trigo, café e cana de açúcar.

De acordo com Gislaine Balbinot, gerente de Comunicação da Abag, é uma honra fazer parte do Prêmio Mulheres do Agro. “Com a premiação temos a oportunidade de conhecer histórias de luta, superação e de muito trabalho de produtoras rurais que merecem todo o nosso respeito e admiração. Queremos, ano após ano, inspirar mais mulheres a se sentirem à vontade para contarem e escreverem suas histórias conosco”, finaliza. 

A cada edição, novas histórias inspiradoras

O interesse das produtoras rurais em contarem suas histórias pode ser notado ao longo dos anos: desde que o Prêmio Mulheres do Agro foi criado, em 2018, aproximadamente 700 mulheres se inscreveram na iniciativa, que reconheceu o trabalho de 36 agricultoras e pecuaristas de várias regiões do Brasil até então.

“Na Bayer, acreditamos que a inclusão e a diversidade são fundamentais para a resolução de problemas e para a inovação no campo, uma vez que diferentes perspectivas e visões podem contribuir para produções mais sustentáveis e rentáveis. Por essa razão, assumimos, como nossa missão coletiva, a promoção de uma agropecuária mais diversa e inclusiva”, diz Daniela Barros, Diretora de Comunicação Corporativa da Divisão Agrícola da Bayer no Brasil.

Conheça as vencedoras:

Pequena Propriedade:

1°- Marcia Kafensztok (Tibau do Sul, Rio Grande do Norte)

2°- Laura Moura Montans (Batatais, São Paulo)

3° – Iala Gomes dos Santos (Monte Carmelo, Minas Gerais)

Média Propriedade:

1°- Liliane Caramóri (Unaí, Minas Gerais)

2°- Eleonora Maria Monnerat Erthal (Bom Jardim, Rio de Janeiro)

3°- Fabíola Magalhães (Rio Verde, Goiás)

Grande Propriedade:

1° – Erika Marina Urban (Patos de Minas, Minas Gerais)

2° – Tabata Stock (Guarapuava, Paraná)

3° – Ida Beatriz Machado (Cáceres, Mato Grosso)

Sobre o Prêmio Mulheres do Agro  

O Prêmio Mulheres do Agro é uma iniciativa idealizada, em 2018, pela Associação Brasileira do Agronegócio (Abag) e pela Bayer, para valorizar a importância do trabalho realizado pelas produtoras rurais, incentivando cada vez mais a gestão inovadora de mulheres no setor. O prêmio tem como tema Gestão Inovadora e reconhece empreendedoras rurais de pequenas, médias e grandes propriedades que seguem boas práticas agropecuárias e gestão sustentável com foco nos pilares econômico, social e ambiental como: uso racional de recursos naturais, aumento da eficiência da produção com gestão inovadora, projetos que permitam o desenvolvimento social da comunidade ou colaboradores da propriedade, bem-estar animal e valorização do capital humano. 

125 anos da Bayer no Brasil  

A Bayer celebra, em 2021, 125 anos de Brasil. Chegou ao País em 1896, abrindo a primeira fábrica no Rio de Janeiro; Hoje, está presente em mais de 30 cidades, com 6.500 profissionais espalhados de norte a sul. O Brasil é o maior mercado da Bayer na América Latina e local de grandes descobertas na medicina, de novas tecnologias para o campo e de inovações que melhoram a qualidade de vida do brasileiro e contribuem para o desenvolvimento do país.  

O Grupo está atento aos novos desafios da humanidade, cada vez mais coletivos e que não podem ser solucionados por atores isolados. Por isso, tem investido cada vez mais em modelos de negócios baseados em colaboração, por meio de suas três divisões e do seu primeiro hub de inovação aberta da América Latina, com parcerias relevantes para os negócios.   

E para construir os próximos 125 anos, mais que fortalecer sua voz, a Bayer quer ampliar sua escuta e entender cada vez melhor as expectativas da sociedade e as necessidades dos clientes: seja o agricultor, o médico, o paciente, o consumidor – e a sua gente, cada vez mais plural e diversa; quer estreitar laços, alinhar expectativas, promover o diálogo, aproximar sua comunicação e construir os próximos passos da empresa junto ao público. Porque Você e Bayer: é bom. Para saber mais, acessewww.bayer.com.br  

Sobre a ABAG

A Associação Brasileira do Agronegócio (ABAG) trabalha para o fortalecimento e o equilíbrio nas cadeias produtivas do agronegócio, com o objetivo de valorizar e disseminar o papel estratégico do setor para o desenvolvimento sustentável do Brasil e para a segurança alimentar e energética do planeta. Fundada em 1993, a entidade tem a certeza da vocação do Brasil para o agronegócio, por isso empenha seus esforços para contribuir para que o País alcance a liderança global na oferta de produtos agroindustriais, aliando preservação ambiental, desenvolvimento social, produtividade, rentabilidade e competitividade. A ABAG conta atualmente com 80 associados. Mais informações: www.abag.com.br

Declarações prospectivas  

Este comunicado pode conter declarações prospectivas baseadas nas previsões atuais da equipe executiva da Bayer. Diversos riscos, incertezas e outros fatores, conhecidos ou desconhecidos, podem gerar diferenças materiais entre os reais e futuros resultados, situações financeiras, desenvolvimentos e desempenhos da empresa e as estimativas apresentadas aqui. Esses fatores incluem aqueles discutidos nos relatórios públicos da Bayer, disponíveis no site da empresa: www.bayer.com. A companhia se isenta de qualquer responsabilidade pela atualização destas declarações prospectivas e pela precisão de eventos e desenvolvimentos futuros.  

Informações à imprensa Bayer 

JeffreyGroup  

agrobayer@jeffreygroup.com