Principais desafios e oportunidades das cadeias produtivas do agronegócio serão debatidos no 4º CNMA

20/08/2019

Principais desafios e oportunidades das cadeias produtivas do agronegócio serão debatidos no 4º CNMA

O 4º CNMA – Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio, que será realizado nos dias 8 e 9 de outubro no Transamerica Expo Center, capital paulista, promoverá oito painéis com a finalidade de discutir a integração de redes, apresentando perspectivas sobre as oito cadeias produtivas do agronegócio.

Atendendo a pedidos das participantes das edições anteriores, o evento dedicará a tarde do primeiro dia para apresentar a realidade de cada cultura, promovendo a discussão e a troca de experiências entre os participantes. Serão painéis voltados aos seguintes temas: algodão, café, carne, grãos, leite, floresta, hortifruticultura e setor sucroenergético.

“Vamos oferecer um espaço direcionado a debater os problemas enfrentados no campo por cada atividade, de maneira particular. Serão cerca de 50 minutos dedicados a apresentações de cases e explanações, que serão seguidas por momento de debate e troca de experiências”, explica a Show Manager do CNMA, Renata Camargo.

Palestrantes

Participante do painel que irá debater a cadeia ‘Leite’, a gerente de Milk Sourcing, Barbara Sollero, ressalta que espera, com essa oportunidade, não só compartilhar suas experiências com as demais participantes, mas também criar novas conexões que contribuam com sua jornada de desenvolvimento profissional.

“Eventos com esta proporção e temática marcam a relevância não somente da participação, como também do papel da mulher no agronegócio, além de criar conexões importantes entre elas que fortalecem ainda mais essa rede”, destaca.

Barbara afirma ainda que, eventos como o CNMA, ajudam as mulheres a saírem dos bastidores do setor, e a conquistarem mais reconhecimento e posições de lideranças em suas cadeias de atuação. “Considerando a força do agronegócio brasileiro, eu enxergo o potencial para que as mulheres, cada vez mais participativas e reconhecidas pelas suas competências, sigam inovando e transformando o setor em busca de sistemas cada vez mais profissionais e sustentáveis”.

Também convidada para fazer parte do espaço dedicado ao debate sobre as culturas, a diretora regional agropecuária da BRF, Christine Maziero, que participará do painel que explica a rede ‘Carnes’, irá levar para o momento sua vivência na cadeia do agronegócio, com a visão de uma grande empresa. “Estar em um evento dedicado à atuação da mulher no agronegócio mostra que todas nós estamos no caminho certo e podemos avançar cada vez mais, não apenas no agro, mas nas corporações de todos os segmentos no Brasil e no mundo”.

“Quando temos um evento com a temática de mulheres no agronegócio, estamos colocando em evidência o trabalho feito por diversas mulheres no campo, na produção e em áreas administrativas. Mulheres que administram múltiplas jornadas e dedicam horas do seu dia nos mais diferentes desafios”, acrescenta.

Cadastre-se em nosso mailing!

E fique por dentro das novidades do CNMA.