Horiens patrocina pela primeira vez CNMA e YAMI trazendo como pauta análise de dados aplicada a riscos agroclimáticos

27/09/2021

Horiens patrocina pela primeira vez CNMA e YAMI trazendo como pauta análise de dados aplicada a riscos agroclimáticos

Participar ativamente de debates relevantes para o agronegócio colaborando para o fortalecimento do setor é o objetivo da Horiens ao ingressar no time de patrocinadores do Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio (CNMA) e do Youth Agribusiness Movement International (YAMI).

A Horiens é uma consultoria de riscos e seguros com 40 anos de trajetória e mais de uma década de atuação no setor agroindustrial. No Congresso deste ano, a empresa apresentará o projeto inovador ‘Modelagem de Riscos Agroclimáticos: a nova fronteira do seguro agrícola’, desenvolvido em parceria com a Atvos, líder nacional na produção de etanol e na exportação de energia gerada a partir de biomassa, e a Agrymet, agritech que conta com o legado de 30 anos de pesquisa científica de seu cofundador, Paulo Sentelhas, professor de titular na ESALQ/USP em Agrometeorologia, com pós-doutorado pela Universidade de Guelph, no Canadá.

A união de competências das três empresas deu vida à uma Prova de Conceito (POC) consistente e com grande aderência à realidade e ao dinamismo do agronegócio, que tem entre seus desafios lidar com as crescentes incertezas impostas pelas mudanças climáticas, que impactam fortemente as rotinas e a variabilidade da produtividade do negócio.

“No processo de desenvolvimento da POC foram ajustados e validados modelos probabilísticos para previsão de produtividade para cana-de-açúcar, correlacionando TCH (tonelada de cana por hectare) às condições climáticas e do solo. Este trabalho, além de ser incorporado ao planejamento agrícola, é a base para a criação de produtos de seguros personalizados, que correspondam ao real perfil de riscos da empresa. Na prática a quantificação precisa do risco tem grande influência na precificação do seguro e na capacidade de recuperação de eventuais sinistros”, relata Ingrid Gregório, gerente de riscos e seguros da Horiens.

A Horiens atua em riscos e seguros por meio de uma abordagem consultiva e personalizada, com análises quantitativas e aplicação de ciência de dados e modelagem de riscos para a construção de soluções de seguros sob medida. “Esse case é um exemplo prático e inovador, que estamos muito felizes em compartilhar no CNMA e no YAMI”, conta Ingrid.

O painel do case será mediado por Ingrid Gregório, da Horiens, e contará com a participação de Rodrigo Vinchi, diretor de operações agrícolas da Atvos, e Bárbara Sentelhas, cofundadora e CEO da Agrymet.