Mellina Machado traduz o amor pelo agro em joias autorais

“A joalheira do agro”. Foi por meio desse apelido que surgiu ainda na infância de Mellina Machado, natural de Imperatriz, no Maranhão, que a joalheira passou a traduzir, em uma ourivesaria baseada em ouro, prata e pedras preciosas, joias que carregam consigo símbolos e histórias que envolvem plantio, pecuária, solo e tantas outras referências do agronegócio. E todo esse encanto poderá ser conferido de perto pelas congressistas do CNMA. 

Camila Klein traz joias com a essência das mulheres para a 9ª edição do CNMA 

Com um brilho único e detalhes que trazem sua força, sensibilidade e diferenciais, as mulheres são, no mundo, verdadeiras joias. Independentemente do espaço que ocupam, sempre deixam um pouco de si e promovem mudanças. E é em busca de fomentar ainda mais a grandeza das mulheres que o CNMA conta, todos os anos, com a união de mulheres que, de diversas formas, constroem sua história e fazem a diferença. 

Pela primeira vez, Chiara Concept leva moda de luxo ao CNMA

A moda de luxo, ao contrário do que muitas pessoas acreditam, vai muito além de peças exclusivas e sofisticação. Ela proporciona, sobretudo às mulheres, o sentimento de empoderamento, fazendo com que elas se sintam mais confiantes e com a autoestima mais elevada. Por meio do vestuário, a moda de luxo realça a beleza, a individualidade e a força feminina em todas as suas formas – e é por isso que estará presente na 9ª edição do Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio (CNMA). 

FOAL Leather reforça a feminilidade da mulher do campo no CNMA deste ano 

A moda vai muito além de questões estéticas, ela desempenha um importante papel social, se tornando uma forma de expressão pessoal, cultural e até mesmo política, permitindo que as pessoas comuniquem sua identidade e valores por meio da forma como se vestem. E claro que esse movimento abrange, também, a mulher do agronegócio. Por isso, a marca de moda FOAL Leather participa pelo segundo ano consecutivo do CNMA (Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio), reforçando toda a feminilidade da mulher que é produtora rural. 

Agrishow 2024 aumenta a presença de startups e reforça espaço dedicado às mulheres

A Agrishow, principal feira de tecnologia agrícola da América latina, começa na próxima segunda-feira, 29, em Ribeirão Preto (SP), e vai reservar um espaço maior na edição 2024 para startups do agro.

O espaço dedicado às novas empresas do setor, o Agrishow Labs, contará com a participação de cerca de 40 startups do agronegócio, o dobro do registrado em 2023. O ambiente quer aumentar a proximidade entre empreendedores, produtores rurais e demais profissionais do ramo do agronegócio.

Protagonismo da mulher no agronegócio será destaque em programa do Elas do Agro na TV

A rede Elas do Agro, que conecta informações para as mulheres do campo, conquista mais um espaço para divulgar o valor do agronegócio brasileiro. Trata-se da Masper TV, novo canal de televisão do Brasil, que convidou a rede para ter programas semanais, que irão ao ar todos os  domingos, às 9h30min, com episódios inéditos. A estreia está marcada para o próximo dia 28 de abril. As pautas serão variadas e as protagonistas serão mulheres que atuam no ramo.

A presença das mulheres na pecuária não é de hoje, mas o protagonismo, sim

A força feminina dentro do agronegócio brasileiro é exemplo de eficiência e comprometimento com bons resultados. Pensando nisso, a 21ª edição da Tecnoshow COMIGO realizou o painel “Mulheres do Agro”, ao reunir seleto grupo de pecuaristas, no auditório 1.  

Ao longo da apresentação, Ana Amélia Paulino, Consolata Piastrella e Luciane Giacon. Debateram sobre o tema “A pecuária me fez empreender”, com mediação da jornalista e apresentadora do programacast Campo e Batom, Alessandra Bergmann.

Kátia Rodrigues segue legado de mais de 100 anos da família no Agro – “Nós mulheres somos os olhos e as mãos do amanhã”

Kátia Helena Fenner Rodrigues, uma produtora rural de São Joaquim/SC, é uma figura emblemática no cenário agrícola catarinense e nacional. Com uma propriedade familiar com mais de 100 anos de história, ela assume o papel de sucessora com orgulho e determinação.

Além de ser uma dedicada agricultora, Kátia também é uma entusiasta da participação feminina no agronegócio. E neste ano, além de participar do Encontro Nacional das Mulheres Cooperativistas (ENMCOOP 2024), que será realizado em Santa Catarina, ela está concorrendo no reality culinário “Prato Brasil, do Campo à Mesa”, que integra a programação do Congresso Nacional de Mulheres do Agro (CNMA 2024).

Parceria coloca a fome e o desperdício na pauta do CNMA

A 9ª edição do Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio (CNMA) contará com uma parceria inédita na edição de 2024. O Instituto Pacto Contra a Fome, movimento que atua no combate à fome e ao desperdício de alimentos no Brasil, será o parceiro social do evento.

“Estamos muito contentes em participar de uma iniciativa que apoia as mulheres, em especial aquelas de um setor tão fundamental para o Brasil como é o agronegócio”,explica Rosana Blasio, CEO do Instituto Pacto Contra a Fome. 

Conheça cinco mulheres que fundaram agtechs no Brasil

Uma em cada cinco startups no Brasil é fundada por mulheres, de acordo com o último Mapeamento de Ecossistema de Startups, levantamento anual da Associação Brasileira de Startups (Abstartups). 

Apesar de o número ainda ser baixo, é visível o aumento do protagonismo feminino na criação e liderança desse tipo de negócio. Entre as empresas voltadas ao agronegócio, em especial, as agtechs, 36% possuem ao menos uma mulher em sua estrutura societária, segundo relatório do Radar Agtech 2023. O percentual é 8% maior do que o registrado no ano anterior.