Jovens e Mulheres no Agro: Jacto participa de encontros que discutem a atuação desses públicos nas cadeias produtivas do agronegócio

25/10/2022

Jovens e Mulheres no Agro: Jacto participa de encontros que discutem a atuação desses públicos nas cadeias produtivas do agronegócio

Empresa está mais um ano entre as apoiadoras da 7ª edição do CNMA e 4ª edição do YAMI. Ambos os eventos contam com representantes da Jacto em mesas redondas e debates que abordam a sucessão familiar e a transformação digital da gestão dos negócios.

Outubro de 2022 – A 7ª edição do Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio (CNMA) e a edição 2022 do Youth Agribusiness Movement Internacional (YAMI) acontecem nos dias 26 e 27 de outubro, no Transamérica Expo Center, em São Paulo.

A Jacto, uma das patrocinadoras dos eventos, terá lideranças e representantes entre os palestrantes, além de ações em estande próprio.

Com o tema central “Coordenação das cadeias produtivas: a década decisiva”, o 7º CNMA segue a missão de ser um espaço aberto para discussões que incentivem a mulher a fazer a diferença no agro, como aceleradora das transformações no campo.

De acordo com dados do Censo Agropecuário de 2017, do IBGE, o número de estabelecimentos agrícolas com gestão feminina cresceu 38% em 12 anos, sendo que 34,7% das propriedades rurais brasileiras já são lideradas por mulheres, isoladamente ou em conjunto com suas famílias.

Cada vez mais conectado e digital, o agronegócio também é palco de uma nova geração no campo, preocupada em buscar soluções que promovam um agro inovador, sustentável e tecnológico. Nesse sentido, a edição 2022 do YAMI debaterá a juventude 5.0 no agro, fatores da comunicação que podem impulsionar o agronegócio e a transformação da gestão na era digital.

“A presença feminina e sua atuação ativa no campo é visível e marcante. Acompanhamos produtoras, líderes e mulheres em cogestão com suas famílias e podemos notar os impactos positivos para a evolução da agricultura. Reforçamos também o papel determinante dos jovens na liderança, na continuidade dos negócios e na inovação do agronegócio, num cenário cada vez mais tecnológico e digital, o que abre frentes de trabalho e oportunidades atrativas para a nova geração”, comenta Wanderson Tosta, diretor de marketing da Jacto.

Sucessão e transformação na gestão – Ambos os eventos contam com representantes da Jacto em mesas redondas e debates. Este ano, as discussões em palestras, painéis e mesas redondasenglobam temas como governança da cadeia de vegetais, gestão e sucessão nas cadeias produtivas, inovações e ESG, cadeia produtiva da proteína animal, agricultura urbana, além da forte temática da comunicação no agronegócio.

Alessandra Nishimura, do Conselho Holding da Jacto, participa no dia 26 de outubro da Mesa redonda “Gestão e Sucessão nas Cadeias Produtivas”, no CNMA.

Também no dia 26 de outubro, no Yami, Gilberto Nogueira, especialista de negócios na da Jacto, estará presente na mesa redonda Transformação da Gestão Digital.

Durante o CNMA e YAMI, a Jacto vai atualizar seus canais digitais e trazer recortes sobre o andamento das atividades.