Patrocinadora do CNMA desde a primeira edição, Jacto reconhece a liderança feminina no agro

27/09/2023

Patrocinadora do CNMA desde a primeira edição, Jacto reconhece a liderança feminina no agro

Presente em mais de 100 países e atuando há 75 anos no mercado, a Jacto, empresa especializada em tecnologias e soluções para a agricultura, apoia, por mais um ano, o Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio.  

“A Jacto é patrocinadora do evento desde a sua primeira edição, quando houve o convite na Agrishow, e a importância de ser parceiro no CNMA é a mesma responsabilidade dos demais eventos que participamos: fazer com que a marca possa estar próxima ao cliente e fortalecer relacionamentos”, diz a coordenadora de marketing, responsável por Comunicação e Eventos, Alexandra Zanghettin Dallaqua. 

Para ela, a presença feminina e sua atuação ativa no campo é visível e marcante. Acompanhando produtoras, líderes e mulheres em cogestão com suas famílias, nota os impactos positivos na evolução da agricultura. “Reforçamos também o papel determinante dos jovens na liderança, na continuidade dos negócios e na inovação do agronegócio, num cenário cada vez mais tecnológico e digital, o que abre frentes de trabalho e oportunidades atrativas para a nova geração”. 

Sobre sua trajetória, Alexandra compartilha que, em 2009, quando saiu a campo, era a única mulher da empresa, mas, hoje, vê o aumento da participação feminina, tanto no marketing, como na engenharia e em outros setores. “Quando eu me formei, não tinha nenhuma mulher no marketing e hoje, temos mais mulheres à frente de projetos de execução do que homens”. 

“Eu gosto muito da história da Cili Webber, que se formou em 1982 em engenharia agronômica em Coxilha, uma pequena cidade do Rio Grande do Sul. Ela tem trabalho muito enriquecedor na área social e também na produtividade da fazenda da família, e não deixou de ser mãe. Ou seja, ela nunca deixou de fazer parte do ecossistema feminino para que a empresa tivesse o que tem hoje: reconhecimento nacional quando se fala em sementes. Por isso acredito que é possível ser profissional, mãe, esposa e ter sucesso tanto na carreira, quanto na vida profissional”, conta. 

Além do investimento no Congresso, a Jacto reconhece a liderança feminina no agro e, a cada ano, apresenta crescimento no quadro de mulheres atuantes na empresa.