Por meio de iniciativas internas, Lavoro fomenta presença feminina e apoia colaboradoras gestantes e lactantes

27/09/2023

Por meio de iniciativas internas, Lavoro fomenta presença feminina e apoia colaboradoras gestantes e lactantes

Promover a inclusão de mulheres no agronegócio brasileiro e abrir espaços para que as vozes femininas sejam ouvidas é um dos objetivos cada vez mais presentes dentro do mundo empresarial. A Lavoro, referência na distribuição de insumos agrícolas, acredita e investe em iniciativas internas, e neste ano é uma das patrocinadoras confirmadas do CNMA(Congresso Nacional Mulheres do Agro).

“O agro ainda possui a fama de ser um universo muito masculino, mas as produtoras rurais vêm ganhando cada vez mais espaço e as grandes empresas precisam se posicionar como apoiadoras dessa força feminina no setor. Apoios como esses, permitem que as mulheres possam compartilhar suas experiências e ter acesso a mais investimentos e novas tecnologias em seus negócios”, compartilha a VP de RH, Karen Ramirez.

Sobre a questão de ações internas direcionadas às mulheres, ela conta que a empresa vive um momento de crescimento exponencial, e não somente em números, mas também em força de trabalho. Hoje, cerca de 33% do quadro de funcionários da Lavoro é composto por mulheres.

“Atendemos a diversas regras da lei Emprega + Mulheres, sancionada em setembro de 2022, que reconhece boas práticas de promoção de empregabilidade para mulheres e estabelece medidas de prevenção contra assédio e outras formas de violência no local de trabalho. Além de estarmos alinhados à legislação, também promovemos iniciativas próprias, como o ‘Cantinho das Lactantes’, especialmente desenhado para mães após retorno da licença maternidade”, diz.

Também foi implantada a licença-maternidade de 180 dias e a licença-paternidade compartilhada de 20 dias. A iniciativa ocorre por meio do programa Empresa Cidadã, o qual a Lavoro faz parte desde agosto de 2022. E, desde 2021, a empresa disponibiliza um kit maternidade para todas as colaboradoras gestantes, com roupas e produtos de higiene para o bebê.

“Sabemos da força e do valor que temos dentro do agro, mas é preciso resiliência. Ainda temos muito para alcançar e, cada ano que passa, chegamos mais perto dos nossos objetivos, que são a igualdade e a paridade dentro do setor”.

Formada em Administração de Empresas pela PUC-MG, com MBA Executivo pelo Ibmec e mestrado internacional em Gestão de Pessoas pela London Metropolitan University, antes de integrar o time da Lavoro, Karen acumulou diversas experiências em 20 anos de carreira.

“Minha trajetória abriu diversas portas e locais de fala em diferentes áreas. Na última edição do CNMA, tive a grande honra de mediar uma conversa sobre gestão e sucessão nas cadeias produtivas, ao lado de outras grandes mulheres e profissionais que ocupam posições importantíssimas no segmento. Tenho orgulho de fazer parte desse setor que se reinventa a cada dia e me sinto muito feliz em abrir espaço para que outras mulheres possam compartilhar suas experiências e histórias de vida”, encerra.