9ª EDIÇÃO

IMPRENSA

Mellina Machado traduz o amor pelo agro em joias autorais

 Participando do CNMA pela segunda vez, a marca traz joias com referências a diferentes segmentos do agronegócio  

“A joalheira do agro”. Foi por meio desse apelido que surgiu ainda na infância de Mellina Machado, natural de Imperatriz, no Maranhão, que a joalheira passou a traduzir, em uma ourivesaria baseada em ouro, prata e pedras preciosas, joias que carregam consigo símbolos e histórias que envolvem plantio, pecuária, solo e tantas outras referências do agronegócio. E todo esse encanto poderá ser conferido de perto pelas congressistas do CNMA

Presente pela segunda vez no evento, mais do que nascer, a ideia de Mellina é, a partir de uma joia, conseguir expressar e desenvolver esse sentimento presente nos corações das participantes. Por isso, para ela, as peças têm alma própria e são capazes de eternizar os momentos cultivados pelo agro. 

Apesar da formação em farmácia bioquímica, Mellina se apaixonou pelo universo das joias, se especializou na área e se tornou membro da Association of Image Consultants of New York (AICI) e do Instituto Brasileiro de Gemas e Metais (IBGM). 

Sua alquimia sensível mudou de endereço, mas não de essência: das bancadas dos laboratórios, ganhou as dos ourives e, sentada ao lado dos mestres, acompanhou o processo de produção e ampliou os ângulos da arte que a cerca. 

Agro: do solo ao peito 
Com um olhar sensível a tudo que a cerca, a joalheira possui muitas referências dentro da sua própria história. “Durante o processo criativo me inspiro muito em minha vida, principalmente nas memórias da infância, sendo criada na fazenda da minha avó”, conta. 

E foi devido a essa vivência que surgiu não somente seu amor pelo agronegócio e a amizade com produtoras rurais, mas também a ‘Cavalos’, primeira coleção da marca, produzida com o objetivo de traduzir com leveza e autenticidade esse amor pelo agro e a vida no campo. 

“O agro nasce e, com ele, chegamos à semeadura dos sonhos, das tradições e traduções, das mais infinitas possibilidades que passam a morar numa joia. É assim que surge a ‘joalheira do agro’. Não só um título, mas um movimento de eternizar momentos, amores e realidades que vão além do que é rotina. Quando ultrapassa o entendimento, há tanto valor que passa a ser para todo o sempre. É o que significa uma joia”, conclui Mellina. 

Para mais detalhes, confira o Instagram da marca ou acesse o portfólio completo pelo site

Assessoria de Imprensa

Juliana Bonassa

Attuale Comunicação

(011) 94928-0849

juliana@attualecomunicacao.com.br